As espigas

O meu coração é um cabaço cheio de espigas de colores…Aredor da minha meda, co meu escunchador, vou escunchando, de vagar, cada pé de milho, que garda umha espiga diferente.O cabaço vai enchendo os seus andeis. A meda ja vai mais que meada, mas ainda quedam espigas por abrir. Espero que as melhores e de colores mais fermosas…
Como quer que a escuncha é um travalho colectivo, se vos achegades por eiquí, podedes escunchar. Esso sim. Tendes que trazer o vosso escunchador, porque eu só tenho um. Meu avõ faz há moitos anos, quando ele travalhava de ferreiro. Agora ele ja não está, e a forja, tampouco.Há moito que essas espigas subiram ao cabaço…

Unha reflexión sobre “As espigas

Os comentarios están pechados.